16 janeiro 2017

Sensação de Domingo

Domingo é um dia preguiçoso, todo mundo dorme, se refugia debaixo do cobertor, e faz algo tranquilo, eu mesma, maratono minhas séries, durmo, leio... É como se você tivesse tirado o atrasado da semana inteira.
A Bruna vai passear com o cachorro e seus amigos, o Mateus joga seu videogame, a Rafaela atravessa a cidade para encontrar o Eduardo - ou vice e versa.
Sabe, aquele dia foi diferente, nós tínhamos nos conversado por chamada de vídeo no domingo passado, e no outro domingo estávamos caminhando pela cidade, jurando palavras que nem sabíamos o efeito forte que tinha, e beijando nossas mãos, como em um século distante. Nós queríamos tanto, sentíamos tanto que a frase que resumia meus sentimentos - Eu sinto tanto por eu sentir tão pouco - não fazia mais sentido;
Era uma incrível história de amor a começar, e sempre pensava se era assim que elas começavam, se dava pra sentir se daria certo, pois sempre que descrito pelos autores, parecia como algo inesperado, então, como já podia prever?
Naquele domingo, tomei coragem e fui até sua casa de surpresa, bati a porta mas ninguém atendeu, você estava ocupado demais com uma nova garota, eu fechei sem você nem perceber minha presença; E aquela delicadeza? As promessas, o meu príncipe encantado, nossos beijos amigáveis vergonhosos? Não se sente vergonha de dizer eu te amo para um amigo, mas eu senti, e suas bochechas rosaram. Naquele dia que você disse que era um lixo e que só fazia as pessoas sofrerem e se afastarem, era verdade? Então, por que não mudou? Por que não por mim? Você alguma vez já me quis de verdade, ou era mais uma cena do seu script?
Eu já te quis ligar, várias vezes estava prestes a clicar na cor verde, mas eu sempre me controlava, quer dizer, não em todos os momentos que as lágrimas escorriam pelo meu rosto, e não queriam mais parar, antes de você eu não sentia nada e você me fez assim: emotiva, sensível, amorosa. Eu poderia ter te feito muito feliz, mas você já conseguiu isso com seu novo namorado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário