20 fevereiro 2017

Livro O Que Há De Estranho Em Mim


Oooi gente! Tá tudo beleza? Eu não sei vocês, mas eu amo um livro quando tá com desconto - na verdade, quem não, né? - e o o que há de estranho em mim tava só 9,90 quando comprei na finada Black Friday de 2016  - aproveitei e comprei O orfanato da senhorita peregrine e a Música do silêncio também rsrs - mas pelo que não me engano, se você for lá na Submarino, encontra por nove reais haha se liga na dica. Então, rolou umas maratona literária e acabou que eu li uma das minhas maiores preciosidades da biblioteca e vou falar mais sobre aqui com vocês.

sorry a unha descascada haha

O que há de estranho em mim
fala sobre relacionamentos degradados entre pais e filhos, acompanhamos a vida de Brit, uma menina que enfrentou a dor de perder a mãe para uma doença mental e tem a relação afetada com o pai - ainda mais depois de seu pai ter se casado e ter um outro filho - mas encontra refúgio em sua paixão pela música, integrando uma banda chamada Clod, e em sua paixão por Jed, que também integra a banda. Seu pai a interna em uma clínica de terapia alegando ser pelo seu melhor e depois de um tempo nos primeiros estágios na clínica encontra suas mais novas e verdadeiras amigas: V, Bebe, Martha e Cassie. Todas tem motivos - totalmente banais - para estar na Clínica Red Rock: Brit, porque seu pai acredita que a Banda é um erro e suas notas escolares estão péssimas, Bebe foi flagrada transando com um empregado de sua casa, Martha está acima do peso e Cassie beija garotas e não exala feminilidade, mas todas juntas contra o poder abusivo da Red Rock conseguem transformar o inferno em uma história de superação e surpresas.

É um livro muito bem escrito, sabe, a Brit fica na clínica por meses mas a autora não deixa cair na chatice e aquela coisa toda tipo "ain hoje eu to triste e fui na predera, na sala de aula e falei com as amigas" "ain hoje eu to triste e fui na predera..." sabe quando acontece isso num livro e a gente fica aí que chato? Então, isso não aconteceu em momento algum na história, outra coisa que observei foi que mesmo com todo o plano de fundo triste os personagens são alegres e esperançosos, não desistem com o primeiro não e fazem acontecer seus planos loucos. Ah, e não deixando de destacar a Diagramação do livro que é adorável, muito confortável de ler.
Enfim, eu recomendo muito que vocês leiam esse livro que é um verdadeiro tesouro dentro da minha casa e acompanhem esse squad goals maravilhoso! Meu Deus, queria fazer parte haha.
Beijão, até a próxima ❤

Nenhum comentário:

Postar um comentário