15 abril 2017

Viral: um filme para quem tem estômago


Eu estava cansada de assistir séries, então decidi que iria assistir um filme e nem precisei ver muito do catálogo da Netflix, lá estava destacado um filme que a imagem já entregava tudo: que nojo! Foi esse mesmo que cliquei para assistir, uma das coisas mais nojentas que já vi, logo no começo me deu ânsia de vômito - minha prima até me perguntou se eu iria vomitar - e essas ânsias voltaram ao longo do filme. Vocês acham que Santa Clarita foi nojento? É porque você não viu Viral, baby.



A História

Estados Unidos está tomado por um vírus que se espalha por secreções e transforma as pessoas, elas ficam agressivas e claramente nojentas. As irmãs Emma e Stacey estão no meio disso tudo, mas elas não acham que está próximo, até que a cidade onde vivem entra em quarentena e elas ficam sem os pais - pois eles estão em outra cidade - e sem comida - só tem a comida fast food que o governo os deu - mas elas contam com Evan, a paixão de Emma e grande ajudante numa missão suicida: abrigar Stacey, que está infectada com o vírus.


Os Personagens

Emma, interpretada por Sofia Black D'Elia, está confusa com a mudança repentina de cidade, de escola, e de amigos; seu pai é seu professor, ela tem uma amiga que em poucos dias que se conhecem se tornou inseparável e uma paixão chama Evan. mas tudo vai por água a baixo quando sua cidade fica em quarentena e seus pais estão presos no outro lado da barreira. 
Stacey, interpretada por Analeigh Tipton, está de mudança junto com sua família depois de descobrir os podres que seu pai fazia, mas ela encontra um cara legal para se divertir - e beijar - chamado CJ. Mas, numa festa, ela contraí um vírus que muda tudo ao seu redor. 
Evan, interpretado por Travis Tope, mora com seu padrasto babaca mas não se deixa abater por qualquer besteira, ele segue tentando buscar a felicidade, em algo ou alguém, até que seus olhos se encontram com a novata Emma. E, por ela, ele pode até enterrar uma pessoa. 

Sobre viral, eu sei que é considerado um filme meio ruim, mas como eu amo um filme ruim, eu o considero bom demais para um sexta a noite, não é um filme que você vai rir mas garanto que você não vai lembrar do seu ex. Ele é desagradavelmente nojento, mas é bom, sua história não sai do controle, nem para ruim nem para bom. Então, para quem quer um terror que não dá medo. ele é um prato servido!


4 comentários:

  1. Eu não conhecia esse filme mas fiquei curiosa pra assistir. Como que é esses "nojentos" o que eles fazem para ficarem nojentos? Fiquei curiosa. Obrigada pela indicação, espero não ficar com ânsia quando assistir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses nojentos são tipo: parasitas saindo de você, do seu nariz/ouvido/boca, as pessoas infectadas são tomadas pelo parasita e perdem a visão e todo o controle sobre seu corpo, obedecem ao vírus.
      Ai de nada rs, e bem, se você ter um estômago forte vai conseguir aguentar o filme sim haha
      Tchau até mais!

      Excluir
  2. Eu fiquei muito curiosa, mas fiquei com o medo desses "nojentos" citados acima. Santa Clarita eu aguentei, mas será que Viral eu aguento? Fiquei muito curiosa. Até mais!
    Colecionando Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai cara, esses nojentos não são nem mencionáveis!
      Santa Clarita é leve, sério kkk
      Tchau, até mais!

      Excluir